Empreendedorismo e Importação fazem a cabeça dos Jovens

 

Durante muitos anos falava-se que a nova geração brasileira estava perdida. Era super comum ouvir a frase “No meu tempo os jovens começavam a trabalhar duro logo cedo”. Os jovens brasileiros, sempre grudados nos computadores e vídeo games, realmente pareciam uma nova geração fadada a não fazer nada de produtivo para a sociedade, só para si mesmos. Mas, com a evolução da internet, uma nova onde de empreendedorismo jovem tomou conta do mundo. Jovens bilionários de menos de 30 anos começaram a surgir no mundo, fundando empresas poderosíssimas e super cobiçadas por velhos de paletó. O Marketing Pessoal foi descartado por esses jovens, que se concentram somente no serviço/produto entregue.

Movidos por essa leva de empreendedores que começaram a desenvolver aplicativos e sites poderosos, jovens brasileiros começaram a querer atuar na internet, mesmo não sabendo linguagens de programação. Cursos de marketing digital começaram a pipocar no país. Muitos movidos somente pela fome de vender, não entregando nada de valor real. Sem resultados interessantes, começaram a buscar métodos de venda através da internet já famosos lá fora, como o dropshiping.

 

Cursos de Importação Viram moda no País

importação e negócios

 

Cursos de importação, como o Academia do Importador, começaram a fazer sucesso entre as pessoas. Mesmo com a alta do dólar, muitos brasileiros passaram a importar produtos que lá foram custam até a metade do costuma custar por aqui, tudo para revender pela internet. A maioria nem site próprio tem. Vendem pelo Mercado Livre e divulgam em suas redes sociais.

Mas é necessário deixar claro que muito embora esse interesse em buscar fontes de renda provenientes da internet é muito vantajosos para o país. O interesse em atuar com tecnologias, por mais superficial e básico que seja, é o primeiro passo para o surgimento de grandes empreendedores digitais.

Cursos via Internet já são uma Realidade no País

Cursos a distância estão possibilitando jovens de lugares afastados dos grandes centros aprenderem os processos necessários para se iniciar um negócio online. Cabe uma filtragem de quais realmente são vantajosos, visto que o valor deles variam de 90 à até 2 mil reais. Muito embora o que seja ensinado em ambos não traga diferenças tão significativas para alguém que ainda não deu o primeiro passo nesse novo mundo digital.

Aí vão algumas dicas para você que está começando na área:

  • Foque em um método e coloque-o em ação. De nada adiantar fazer vários cursos mas não colocar mãos a obra.
  • Pesquise a vida do criador do curso e leia a opinião dos ex-alunos
  • Coloque na cabeça que não existe modos fáceis de ter sucesso e será realmente necessário você realizar investimentos, por menores que sejam

 

Fonte: Empreendedor Moderno